Alunos da APAE demonstram criatividade e organização em feira de empreendedorismo

Alunos da APAE
Alunos da APAE demonstram criatividade e organização em feira de empreendedorismo

Com o objetivo de disseminar a cultura empreendedora entre crianças e adolescentes, possibilitando que criem o seu próprio futuro, o Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) foi implantado, neste ano, em seis escolas do município de Faxinal dos Guedes. A iniciativa foi do SEBRAE/SC, em parceria com a Prefeitura Municipal.

Entre as instituições de ensino que aderiram ao projeto está a APAE. O encerramento ocorreu na última semana por meio da feira JEPP, reunindo o término do projeto e socialização dos trabalhos produzidas pelos alunos, durante as aulas, com á comunidade, familiares e demais pessoas que prestigiaram o evento. Oficinas foram criadas para apresentados as diversas atividades produzidas.

O empenho, a criatividade, a organização e a alegria dos alunos, ao interagir com o público visitante, foi algo a ser observado e mereceu destaque. Assim vivenciaram a importância de ser protagonistas de suas próprias vidas, mesmo que seja por instantes, será uma experiência inesquecível. Também mostraram que são exímios em atrair clientes, comercializar produtos, fazer propaganda, falar sobre sonhos, planejamento e outros assuntos.

A professora da educação especial Ana Rita de Sá, realçou a satisfação dos professores em relação ao sucesso projeto. “Num primeiro momento pensamos na potencialidade de cada estudante, o que foi desafiador e exigiu mais de nós como profissionais. No decorrer dos encontros conseguimos trabalhar o empreendedorismo no dia a dia deles e hoje a gente vê que valeu a pena. Tudo o que fazemos na escola é em prol dos alunos e a satisfação deles é a nossa. Ver a alegria no rosto de cada um foi muito bom. O JEPP me tornou uma profissional melhor e também a ser uma pessoa melhor, enquanto vida pessoal”.

A professora Marines Mascarello também destacou a importância do trabalho realizado pelos docentes. “Foi um desafio trabalhar as potencialidades de cada um e poder prepará-los para o futuro. Os resultados representam uma vitória para nós”.

Para a diretora da APAE, Maria de Lurdes Bender, a parceria com o SEBRAE para implantação do JEPP foi essencial para fortalecer o desenvolvimento da aprendizagem. “Trouxe muitos desafios à escola, aos profissionais e também aos alunos. O JEPP mudou o ritmo da escola e das aulas, foi preciso se desafiar, criar e inovar, o que nos leva a refletir sobre nossa atuação. Precisamos estar preparados para melhor trabalhar com o aluno”.

JEPP

O JEPP é formado por nove cursos destinados aos alunos do ensino fundamental: O mundo das ervas aromáticas (1º ano), Temperos naturais (2º ano), Oficina de brinquedos ecológicos (3º ano), Locadora de produtos (4º ano); Sabores de cores (5º ano), Ecopapelaria (6º ano), Artesanato sustentável (7º ano); Empreendedorismo social (8º ano) e Novas ideias, grandes negócios (9º ano).

A consultora credenciada ao Sebrae/SC, Odilene Ozelame, enfatizou que o projeto vem sendo disseminado no Brasil há uma década. “Na região oeste catarinense, estamos no terceiro ano de atuação, sendo crescente a mobilização, os resultados e a atenção que ganha na comunidade. Neste ano, estamos atendendo aproximadamente 14.800 alunos da rede pública, considerando os diversos projetos da educação empreendedora. O JEPP trabalha a questão do empreender, de criar, da iniciativa, da importância de desenvolver ideias e colocar em prática”.

O coordenador regional oeste do SEBRAE/SC, Enio Albérto Parmeggiani, salientou que a educação empreendedora para o ensino fundamental tem a pretensão de disseminar a cultura empreendedora para desenvolver a criatividade, pró-atividade, entre outros aspectos essenciais para gerenciar a vida. “Com atividades lúdicas, a proposta pedagógica sensibiliza os estudantes a tomarem decisões e a desenvolverem características para identificar oportunidades de inovações”.