Câmara vai coordenar intervenção urbana interfederativa

A Câmara Metropolitana está coordenando estudos para a implantação da primeira intervenção urbana interfederativa reunindo dois municípios do Estado do Rio. Este mês, técnicos do Estado e das prefeituras do Rio de Janeiro e de São João de Meriti fizeram visita técnica aos bairros da Pavuna, na Zona Norte do Rio, e ao Centro de São João de Meriti, que reúne diariamente cerca de 80 mil pessoas.

– Vamos estudar as potencialidades do mercado imobiliário e as necessidades de investimento em infraestrutura para resolver os problemas de mobilidade comuns aos bairros dos dois municípios – disse o diretor-executivo da Câmara, Vicente Loureiro.

Segundo ele, será estudado um modelo que resulte numa parceria público-privada ou intervenção interfederativa, envolvendo o Governo do Estado e as duas prefeituras.

Um grupo formado por 14 técnicos das secretarias de Transportes e de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação da Prefeitura do Rio, e da Secretaria de Captação de Recursos, Urbanismo e Habitação da Prefeitura de São João de Meriti, além de técnicos da Superintendência de Projetos da Câmara Metropolitana constataram problemas como a desordem urbana, a falta de acessibilidade aos transportes, a superposição de linhas de ônibus, a poluição do Rio Pavuna, entre outros.