CCJ da Câmara voltará a aprovação do Sistema Nacional da Economia Solidária

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara votará na próxima terça (22) o projeto de lei 4685/12, que cria o Sistema Nacional da Economia Solidária, setor que reúne 20 mil cooperativas de trabalhadoras e trabalhadores, tais como de reciclagem, de artesãos, de agricultura familiar e outros, e responde por 8% do PIB. A matéria é um marco para todos que trabalham no setor, uma vez que inclui além do sistema, a política e o fundo nacional da economia solidária.
A deputada Maria do Rosário, relatora do projeto na CCJ, afirma que o sistema procura estimular o desenvolvimento e a consolidação deste importante segmento econômico e social. “Mais do que garantir emprego e sustento para milhares de brasileiros, a economia solidária é uma atividade que preza a cooperação, o diálogo e a democracia”, destaca a deputada.