Concepções, conhecimento e práticas do trabalho para jovens já podem ser encontradas em livro

O Núcleo de Juventude do Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária) produziu e disponibilizou, em livro on line vídeos, as concepções, os conhecimentos e as práticas do trabalho para jovens estudantes do Ensino Médio, a partir de realização de assessoria técnica à Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Voltado aos gestores da educação no país, o conteúdo é aberto e gratuito e foi estruturado com base na experiência da política de educação integral de Minas Gerais para o Ensino Médio entre 2015 e 2017.

O material articula-se aos marcos conceituais do Programa Jovens Urbanos, iniciativa da Fundação Itaú Social para as juventudes, sob coordenação técnica do Cenpec. O livro Itinerário para as juventudes e a educação integral em Minas Gerais: parte I — Concepções e metodologias inclui desde a problematização teórica sobre a educação integral até intervenções participativas que envolvem jovem, escola e cidade. “Trata-se de um material de referência, inspirador e norteador para políticas públicas de educação e participação das juventudes, que conta com exemplos, planos, etapas, passos e diagramas”, explica Wagner Antonio dos Santos, coordenador do Núcleo de Juventude do Cenpec.

O acesso ao download do livro e às animações são pelo portal Educação & Participação:https://educacaoeparticipacao.org.br/tematica/itinerarios-para-juventudes-e-educacao-integral/

O Cenpec é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1987, pela socióloga Maria Alice Setubal (Neca Setubal) e por pesquisadores da área. Sua missão é contribuir para a melhoria da qualidade da educação pública no Brasil e para o enfrentamento das desigualdades, por meio de estudos, projetos e metodologias, desenvolvidos em parceria com secretarias, ministérios, empresas, organismos multilaterais, entre outros. Presente em todo o país, completou 30 anos em 2017, ano em que foi laureada com o Prêmio Darcy Ribeiro, da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, e listada entre as 100 Melhores ONGs do Brasil, por uma revista de circulação nacional e Instituto Doar.

Deixe uma resposta