Estado anuncia repasse de recursos para Hospital da Posse e UPAs

Foto Divulgação/Pref. do Rio

O governador Luiz Fernando Pezão, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr., anunciaram nesta terça-feira (14/11), em evento no Palácio Guanabara, o repasse de recursos de emenda parlamentar da bancada federal para o custeio das unidades de saúde do Estado. Ao todo serão destinados R$ 55 milhões para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Hospital da Posse), na Baixada Fluminense, e 20 Unidades de Pronto Atendimento de todas as regiões do Rio.

– “Os prefeitos tinham me pedido uma pauta com a bancada federal para discutirmos o pacto federativo. Essa é uma luta minha desde quando comecei em Piraí. O recurso tem que ficar no município, onde ele é melhor utilizado, mas infelizmente a gente só vê o inverso. Quero agradecer toda a bancada federal por essa virada que o Estado do Rio vai dar. Não é fácil enfrentar o que enfrentamos, mas tenho certeza que vamos conseguir. Ter foco, ter ajuda, ter solidariedade que é o ato que estamos celebrando hoje aqui”, disse o governador Pezão.

O recurso garantido pela emenda parlamentar em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde visa à manutenção de unidades da rede estadual. Como as UPAs municipais são as primeiras portas de entrada ao sistema de saúde e fundamentais para as cidades, parte dos valores foi destinada para a manutenção dessas unidades de saúde, que devido à crise do Estado e dos municípios, estavam com o funcionamento prejudicado.

– No ano passado a bancada me procurou para indicar uma emenda para o estado do Rio. E nós pactuamos que esta emenda poderia alcançar as UPAs e o Hospital Geral de Nova Iguaçu, além de outros projetos da SES. Então eu queria agradecer a todos por essa sensibilidade. O empenho para essa emenda foi enorme. Na saúde as coisas só funcionam com integração. A saúde é a área mais complexa e só vai funcionar se tiver mais investimentos. Esse recurso atende as UPAs em cidades maiores, mas que preferencialmente recebem demanda de cidades menores também. Queremos fazer cada vez mais pelos municípios – afirmou o secretário Luiz Antônio.

Todas as regiões do Estado do RJ foram contempladas e além do Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, vão receber também os repasses as UPAs dos municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaguaí, Nilópolis, São João de Meriti, Barra Mansa, Resende, Volta Redonda, Macaé, Itaperuna, Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, Angra dos Reis, Araruama, Cabo Frio, Maricá, Rio Bonito e Três Rios.

– Eu fico muito feliz em estar junto com a nossa bancada liberando esses recursos para a área de saúde. Hoje o grande problema que a gente vê nas pesquisas que a sociedade reclama é a área de saúde. Quero agradecer aos deputados que me honram com esse apoio na presidência da Câmara, que nos dá condições de em conjunto ajudar o Rio. A nossa bancada trabalha e vai continuar trabalhando para que o Rio possa terminar 2018 em uma situação muito melhor do que passamos nesses últimos meses – disse Rodrigo Maia.

O evento teve também a presença dos prefeitos de quase todos os municípios do Estado do Rio. Líder da bancada federal do estado, o deputado Hugo Leal ressaltou que desde o início o objetivo era que esse valor fosse direcionado aos municípios.

– Essa história começou no ano passado quando quase toda a bancada entendeu que deveríamos disponibilizar recursos que poderiam ser utilizados pelo estado do Rio, especialmente na área de custeio e de financiamento. O secretário Luizinho esteve em Brasília, apresentou o plano. O meu papel como representante da bancada é dizer que esse é o nosso compromisso, ver a necessidade que o Estado e os municípios têm em receber esses recursos. Essa foi a condição dos repasses à secretaria, que esse recurso fosse utilizado na maior parte pelos municípios – observou o deputado.

Deixe uma resposta