Flamengo vence e dorme na liderança do Brasileirão

O Flamengo levantou, sacudiu a poeira e deu a volta por cima, vencendo o Atlético-GO fora de casa por 3 a 0. Éverton, Damião e Rodinei sacudiram a rede do adversário na noite deste sábado (20) no Serra Dourada e deixaram o time confortável na liderança do Campeonato Brasileiro.

As equipes se reencontram nesta quarta-feira (24), novamente no Serra Dourada, às  21h45, desta vez pela Copa do Brasil. No jogo de volta das oitavas de final, o Flamengo segue às quartas de final com qualquer empate com gols; em caso de 0 a 0, a decisão vai para os pênaltis.

O primeiro tempo o rubro- negro dominou o jogo, e mesmo fora de casa, partiu para cima e tomou a iniciativa na partida. Na altura dos 13 minutos, a equipe chegou aos 72% de posse de bola e apostava nas jogadas pelos flancos para se aproximar do gol.

Aos 17 minutos de partida, um susto. Ederson se chocou cabeça com cabeça com Ricardo Silva e ambos se feriram no supercílio, mas os atletas voltaram a jogar após atendimento no próprio gramado.

Enquanto o Atlético-GO ameaçou com finalização de longe de Walter, um cruzamento perigoso de Éverton e um chute de média distância de Arão eram as maiores chances de gol do Flamengo no primeiro tempo até que, aos 40 minutos, Éverton abriu o placar para o Rubro- Negro. A zaga atleticana afastou mal e Trauco, na sobra, bateu cruzado para a área; Damião tentou alcançar de carrinho, dividiu com o goleiro e a bola ficou limpa para o camisa 22 completar, oportunista, para o fundo da rede.

Segundo tempo

E se logo antes do apito indicar o final do primeiro tempo Leandro Damião quase marcou o dele, logo aos cinco minutos da etapa complementar ele foi às redes: Arão ajeitou bonito de peito e o atacante pegou na veia, de primeira, para ampliar – 2 a 0 Flamengo.

A partir daí, o Time do Flamengo cresceu muito ofensivamente e fez mais um na base da pressão. Aos 16 minutos, Ederson arrancou, roubou a bola do zagueiro, e tocou, mas o goleiro defendeu com o pé; no rebote, Damião tirou tinta da trave. Três minutos depois, Damião, Matheus Savio e Rodinei pararam no arqueiro atleticano antes do último pegar mais um rebote e anotar o 3 a 0. Este foi o quarto gol do lateral-direito no ano e o último da vitória.