Governo do Rio anuncia data para início da utilização de doses fracionadas da vacina contra a febre amarela

Vacina Febre Amarela.

O Governo do Rio, em alinhamento com o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde de São Paulo, iniciará a utilização das doses fracionadas de vacina contra a febre amarela no dia 25 de janeiro. O objetivo é construir uma estratégia de enfrentamento da doença.

Em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, mesmo não havendo casos confirmados de febre amarela a Secretaria Municipal de Saúde, intensificou as ações de vacinação e prevenção contra a Febre Amarela, seguindo recomendação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado. A medida foi adotada a partir da confirmação da morte de um macaco, com resultado positivo para a febre amarela, na região da Reserva Biológica do Tinguá (Nova Iguaçu), divisa com o Distrito de Xerém (Duque de Caxias).

Entre as ações da secretaria municipal estão, a ampliação dos polos de vacinação nos quatro distritos e a promoção de mutirões, priorizando a população das áreas do cinturão de bloqueio. Para o fim-de semana estão programados dois mutirões de vacinação, na Praça da Mantiquira, no Distrito de Xerém: na sexta-feira (19), das 9h às 16h, e no sábado (20), das 9h às 12hs. Além dos mutirões, a cada semana a SMS prepara uma nova estratégia para alcançar a população.

Em Niterói, no leste fluminense, mais de 6 mil pessoas foram vacinadas contra a febre amarela nesta quinta-feira (18/01) com a ampliação da campanha de imunização em mais oito pontos da cidade. No total, 38 locais distribuídos por todas as regiões do município estão vacinando a população. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) recebeu, na noite dessa quarta (17/01), uma remessa da Secretaria de Estado de Saúde com 50 mil doses da vacina, que estão sendo distribuídas de acordo com a demanda.

“Ampliamos, mais uma vez, a vacinação contra a febre amarela em Niterói, com a abertura de salas de imunização no Barreto, Viçoso Jardim, Atalaia, Caramujo, Ititioca, Ponta da Areia e dois pontos no Fonseca. As pessoas devem procurar as unidades mais próximas de suas casas e se vacinarem. Niterói não possui notificações, em residentes, de casos suspeitos de febre amarela em humanos, mas independente disso é preciso se prevenir”, destaca a secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, lembrando que a vacina sempre esteve disponível na rede municipal, mas que desde março de 2017, quando os primeiros casos da doença surgiram em municípios fluminenses, a Prefeitura aumentou a oferta da vacina.

Este ano, o Município já imunizou cerca de 14 mil pessoas. No ano passado, foram aplicadas 193 mil doses da vacina na cidade. Para a secretária, esses números mostram que a população está aderindo à vacina já que, em média, de 2007 a 2016, eram vacinadas 65 mil pessoas por ano. No total, mais de 258 mil pessoas foram vacinadas na cidade nos últimos 10 anos.

Legenda: Estratégia de doses fracionadas da vacina busca construir estratégia para enfrentar febre amarela

Foto: André Gomes de Melo / Divulgação governo RJ

Edição: Wagner Sales