Grupamento de Ronda Escolar faz ensina regras de trânsito aos alunos da rede municipal

Foto: Paulo Araujo

Por Flávia David- Pref. RJ

Uma atividade que ensina e diverte ao mesmo tempo. Com essas palavras, a estudante do 5º Ano Eishila Ribeiro Borges, de 11 anos, descreveu o trabalho da equipe de atividades lúdicas do Grupamento de Ronda Escolar, da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio), que nesta semana esteve em sua escola, o Ciep Aracy de Almeida, em Sulacap, para ensinar sobre Segurança no Trânsito. O evento reuniu alunos do 1º ao 5º ano, com idades entre sete e dez anos. Por meio de atividades diversas, que incluíram bate-papo, teatro e dança, os alunos aprenderam a respeitar os sinais de trânsito e conheceram os direitos e deveres dos motoristas e pedestres.

– Gostei de tudo, principalmente da parte em que aprendemos os sinais de trânsito, suas cores e a importância da faixa de pedestres. Achei importante quando foi dito que precisamos estar sempre com os nossos pais ao atravessarmos uma passarela, e o quanto é perigoso andar com o celular na mão quando estamos na rua, por causa de assaltos. Aprendemos muito e nos divertimos à beça hoje – disse Eishila.

Um dos destaques da atividade foi a apresentação do Teatro de Fantoches, com os personagens Tati e Zezinho, que encantaram os alunos. Em um diálogo rico em informações, os bonecos responderam a perguntas relacionadas ao tema e fizeram perguntas aos alunos.

Foto: Paulo Araujo

De acordo com  a diretora do Ciep Aracy de Almeida, Denise Faria Gallier Vieira da Silva, ações como essa são fundamentais para a formação dos cidadãos do futuro:

– É um projeto essencial. Um trabalho lúdico, com temas diversos e atuais. Mais uma fonte de informação para as crianças, em uma linguagem adequada à idade delas. O trabalho da Ronda Escolar estreita a relação dessas crianças com a figura do guarda municipal, fazendo-as compreender que o trabalho dos agentes não se resume à postura de ordenamento nas ruas.

Para a coordenadora de Atividades Lúdicas da Ronda Escolar, Marylin Silva, que está na GM-Rio há 18 anos, o foco desse trabalho é a prevenção:

– Trazemos toda a informação de maneira positiva, animada, para que eles assimilem e trabalhem esses temas no dia a dia, evitando incidentes. É um conjunto de ações que, sem dúvida, também auxilia o trabalho do pessoal do patrulhamento de rua, uma vez que essas crianças já estão disciplinadas, sabendo o que podem ou não fazer.

Vestido como um agente de trânsito, o GM Elis Ataliba da Silva Filho, de 54 anos, 25 deles na corporação, também fez a alegria dos alunos. Em sua apresentação, ele interagiu com os bonecos do Teatro de Fantoches e participou de encenação que retratou uma das infrações de trânsito mais comuns: o não uso do cinto de segurança. Ao advertir a “motorista”, Elis conseguiu conscientizar as crianças sobre a importância do equipamento.

– É um prazer imenso fazer um trabalho tão educativo. Os alunos sempre mostram interesse em participar e aprender. Quando têm a oportunidade de participar de atividades como essa, se sentem extremamente felizes e esse sentimento nos contagia – comentou o guarda municipal.

Com seis anos, a pequena Julia Coquet Ribas Baltazar da Silva, aluna do 1º Ano, acompanhou, sem piscar, cada movimento dos agentes e mostrou sua satisfação quando a apresentação acabou:

– Gostei muito do teatro e da dança. Aprendi um monte de coisas.

Aluna do 3º Ano, Yasmim Ferraz Chaves, de nove anos, disse torcer para que o projeto visite o maior número de escolas possível para que outros estudantes também tenham a oportunidade de, assim como ela, aprender coisas novas:

– Seria importante e muito legal que outras escolas também participassem desse projeto da Guarda Municipal. São ensinamentos importantes, a que poucos têm acesso. Vou ensinar aos meus amigos e familiares tudo o que aprendi aqui hoje.

O Grupamento de Ronda Escolar oferece atividades lúdicas e palestras nas unidades de ensino desde 1999. A GM-Rio realiza, por mês, cerca de 150 atividades e 80 palestras. Entre os temas dessas visitas, além do “Segurança no Trânsito”, estão “Convivência sem violência”, “Respeito às autoridades e amor ao próximo”, “Prevenção à dengue” e “Sustentabilidade”.

Foto: Paulo Araujo