José Louzeiro: talento a serviço da reportagem policial

Do Solidário, por Paulo Cezar Soares

Maranhanse, José Louzeiro veio para o Rio de Janeiro no início da década de 50 e, por mais de duas décadas  atuou como repórter de polícia. Foi o precursor do romance-reportagem, com os livros Aracelli, meu amor e Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia – roteirizado para o cinema – e Infância dos Mortos, que deu origem ao filme Pixote, A Lei do Mais Fraco, de Hector Babenco  (1946-2016), em 1981. Filme premiado pela Associação de Críticos de Cinema  de Nova York e  Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles.