Museu da Vida celebra 18 anos

Em cartaz no Museu da Vida a partir da próxima terça-feira (16/5), o espetáculo 'A vida de Galileu' discute, em diversas cenas, por que o cientista deve se aproximar da população (foto: Renato Mangolin)
Em cartaz no Museu da Vida a partir da próxima terça-feira (16/5), o espetáculo 'A vida de Galileu' discute, em diversas cenas, por que o cientista deve se aproximar da população (foto: Renato Mangolin)

Por Haendel Gomes (COC/Fiocruz)

O Museu da Vida da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) comemora a maioridade com o lançamento da programação de 2017. No Centro de Recepção, localizado no campus da Fiocruz em Manguinhos, no Rio de Janeiro, serão anunciados, na próxima quarta-feira (17/5), o livro Museu da Vida: Ciência e Arte em Manguinhos, a nova temporada do Ciência Móvel, Arte e Ciência sobre Rodas e o programa Amigos do Museu da Vida. A festa começa às 15h com apresentação do Coral da Fiocruz.

O livro narra a trajetória dos 18 anos do Museu, completados neste ano. Departamento da COC/Fiocruz, suas atividades de divulgação e popularização da ciência e tecnologia são apresentadas em farto material documental, incluindo depoimentos e fotografias inéditos.

Em seu terceiro ano de sucesso, o programa Amigos do Museu da Vida – com patrocínio máster da IBM Brasil – é uma rede de parcerias e conta com apoio das leis de incentivo à cultura para fortalecer e ampliar as ações desenvolvidas pelo Museu da Vida. O objetivo é possibilitar a manutenção de um programa de referência nacional em inclusão social, cultural e científica, com respaldo científico da Fiocruz. O programa inclui a manutenção de um ônibus exclusivo e gratuito com a marca do Museu da Vida para facilitar a vinda ao campus. A iniciativa beneficia, principalmente, as escolas públicas do Grande Rio, que, de outra forma, teriam dificuldade para conhecer os espaços e as atividades interativas oferecidas.

A peça A Vida de Galileu, que inicia mais uma temporada na Tenda da Ciência Virgínia Schall, é outra atração da programação especial. Baseada no texto homônimo do dramaturgo Bertolt Brecht, narra a trajetória de sucesso do cientista italiano, incluindo estudos pioneiros no campo da astronomia e a ameaça que sofreu da Santa Inquisição e quase o levou a ser executado. O público poderá assistir ao espetáculo na Tenda da Ciência.

A festa inclui performance do Nopok, grupo que une circo, arte e ciência em suas apresentações e se tornou uma das grandes atrações do Ciência Móvel, o museu itinerante da Fiocruz que viaja pela Região Sudeste do país. O grupo Música na Calçada fará o encerramento da festa organizado pelo Museu da Vida.

Programação (17/5)

15h – Apresentação do Coral Fiocruz

15h10 – Abertura oficial do evento no Centro de Recepção

15h15 – Performance do grupo Nopok

15h35 – Participação institucional

16h – Visita ao Ciência Móvel, apresentação de vídeo de agradecimento aos parceiros e descerramento de placa comemorativa

16h10 – Descerramento: painel de Glauco Rodrigues no Centro de Recepção

16h20 – Lançamento do livro Museu da Vida: Ciência e Arte em Manguinhos

16h30 – Apresentação do grupo ‘Música na Calçada’

17h – Encerramento