Palestras e apresentações culturais marcam o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha é mais do que uma data comemorativa. Representa de forma internacional, a luta e resistência da mulher negra, contra a opressão e o racismo. Pensando nisso, a Prefeitura de Queimados, através da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Promoção da Cidadania, realizará na próxima terça feira (25), uma programação recheada de palestras sobre o tema, que contará também com homenagens a mulheres militantes na área e apresentações culturais. 

O evento começará às 14h e será realizado no Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade – CELTI e tem como objetivo comemorar o Dia Internacional da Mulher Negra, Latino Americana e Caribenha, prestando homenagens às mulheres de Queimados, valorizando a luta, as ações e a identidade da mulher negra brasileira. 

Para o Secretário Municipal Assuntos Institucionais/Direitos humanos e Promoção da Cidadania, Carlos Albino, “um novo mundo só será possível, quando as diferenças forem vistas como riquezas e não como sinônimo de inferioridade”.

 Segundo Arlindo Sampaio, Coordenador de Políticas de Promoção de igualdade Racial, é preciso sempre falar sobre o tema. “Tendo em vista a condição de opressão de gênero e racial/étnica em que vivem estas mulheres, o Dia Internacional da Mulher Negra Latino a América na e Caribenha é mais do que uma data comemorativa, representa a luta pelo empoderamento das mulheres negras fora da África”, explica.