Postura no trabalo pode causar Hiperlordose lombar

Por Marcos Bedin

Publicado em 08 de Março de 2017

A lordose é uma curvatura normal da coluna existente no pescoço e no fundo das costas, porém quando está acentuada causa intensa dor local, além de má postura, o que indica o diagnóstico de hiperlordose. O estilo de vida atual, principalmente devido à postura no trabalho, tornam as pessoas mais propensas a desenvolver o problema, no entanto, existem outros fatores que facilitam o desenvolvimento da doença em qualquer faixa- etária.

Joaquim Reichmann, médico ortopedista e traumatologista

Segundo o médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann, entre os fatores que contribuem para o surgimento da hiperlordose estão: a acondrosplasia (transtorno de crescimento ósseo de herança genética que pode causar uma espécie de nanismo), discite (inflamação do espaço intervertebral dos discos), hipercifose (curvatura acentuada na coluna que deixa a pessoa com os ombros projetados para frente e o dorso arredondado), obesidade (o sobrepeso pode fazer com que a pessoa se incline para trás para tentar melhorar o equilíbrio), osteoporose (distúrbio na densidade óssea que causa diminuição da altura do corpo vertebral devido a fraturas e compromete a integridade estrutural da coluna, o que pode provocar um aumento da lordose natural) e espondilolistése (quando uma vértebra escorrega para frente em relação à outra, geralmente devido a um defeito congênito).

Além de levar em consideração a pré-existência de fatores de risco, o diagnóstico é feito por meio de um exame completo que revela a saúde e as condições físicas do paciente. Nem toda hiperlordose necessita de tratamento, porém, nos casos em que existe dor constante, é fundamental procurar um médico. O tratamento pode incluir medicamentos para aliviar a dor, fisioterapia para o desenvolvimento de força e flexibilidade, bem como para aumentar o alcance do movimento e coletes para controlar a evolução da curva. Em casos mais graves, pode haver indicação de cirurgia. “Ao perceber curvatura anormal na coluna ou sentir algum desconforto é necessário procurar um médico para obter um diagnóstico preciso e receber a indicação do tratamento adequado”, orienta Reichmann.

Segundo o médico, normalmente a pessoa já nasce com esse aumento da curvatura na coluna, mas ela não causa qualquer alteração no crescimento da criança. No entanto, ela também pode surgir em caso de má postura, gravidez, obesidade ou hérnia de disco, por exemplo.