Prefeitura do Rio recebe medicamentos e insumos para unidades de saúde

Foto: Edvaldo Reis

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, acompanhou na ultima sexta-feira (1) a chegada dos primeiros caminhões com medicamentos e insumos comprados para abastecer as unidades municipais de saúde. A entrega faz parte da compra realizada com o valor de R$ 100 milhões liberado pelo prefeito no início da semana e é suficiente para abastecer toda a rede de saúde por três meses.

“Quero tranquilizar a população de que não vão faltar medicamentos, sobretudo para diabetes e pressão. Esta semana encomendamos R$ 100 milhões em medicamentos e insumos e os fornecedores prometeram nos doar mais 10%, aproximadamente, então vamos receber R$ 110 milhões em material. São mais de 500 produtos para atender a população”, ressaltou o prefeito Marcelo Crivella.

O material foi entregue na Central de Distribuição de Medicamentos e Materiais Médico-Cirúrgicos da Prefeitura, em Jacarepaguá. Lá, os insumos são recebidos, registrados, estocados e encaminhados para distribuição nas mais de 300 unidades de saúde, de acordo com a necessidade de cada unidade (clínica da família, centro municipal de saúde, policlínica, hospital, maternidade, UPA, CER e centro de atenção psicossocial). Ainda hoje, 17 caminhões sairão da Central carregados de medicamentos e insumos para distribuir pelas unidades de saúde da rede.

A Central de Distribuição, que funciona na Estrada dos Bandeirantes, 1700, em Jacarepaguá, é uma moderna área que foi inaugurada em julho de 2012. O espaço tem 7.000 m² e infraestrutura adequada de acordo com diretrizes da ANVISA e Vigilância Sanitária, que permitem melhor armazenamento e distribuição dos medicamentos.

O prefeito também falou sobre a crise na área da saúde. Ele admitiu que, devido à grave situação financeira encontrada no município, sua gestão enfrentou problemas e, neste final de ano, teve dificuldades para fazer os repasses necessários ao pagamento dos salários dos profissionais de unidades sob gestão de organizações sociais. Mas disse que os pagamentos já foram colocados em dia e que os atrasos não vão se repetir.

“A crise já está passando, os piores momentos foram superados. Nós conseguimos alinhar os valores do IPTU e do ITBI, renegociamos dívidas e cortamos despesas. A questão dos atrasos estamos colocando em dia e pedimos às OSs que compreendam a situação e nos ajudem neste momento difícil”, afirmou Crivella.

O prefeito anunciou também outras medidas para melhorias na área da saúde. Os hospitais de emergência da rede municipal passarão a contar com um profissional sênior como consultor, 24 horas por dia, e todos os profissionais passarão por treinamentos para reforçar os protocolos de atendimento. Além disso, os médicos formados há menos de cinco anos também passarão por cursos de aperfeiçoamento promovidos pela Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo é reduzir o risco de erros de diagnósticos e procedimentos no atendimento à população.

Fonte: Pref. Do Rio

Deixe uma resposta