Prefeitura garante que deslizamento junto a BR-040 não afeta acesso a Petrópolis

A área onde a cratera se abriu e engoliu uma casa, foi avaliada por especialistas Foto: Divulgação/ PMP

A Prefeitura de Petrópolis, na região serrana do Rio, e o trade turístico estão intensificando junto às agências de turismo, rede hoteleira e demais equipamentos ligados ao setor, além de veículos de imprensa, informações sobre os acessos à Cidade Imperial – que estão liberados na Serra (Rio-Petrópolis) da BR-040 e por vias alternativas para quem segue de Minas Gerais. O objetivo é ampliar a ocupação da rede hoteleira, que já chega a 60% e aumentar o número de visitantes em dezembro, com o Natal Imperial, programação que será anunciada nesta sexta-feira com desfiles, concertos, shows e 2 milhões de lâmpadas iluminando prédios e monumentos.

De acordo com a prefeitura, o deslizamento ocorrido na terça-feira (07/11) às margens da rodovia na altura do quilômetro 81, sentido Rio, na região do Contorno está distante das entradas da cidade e não compromete o acesso a Petrópolis. “A prefeitura acompanha de perto o ocorrido na região do Contorno e está adotando todas as medidas para garantir os direitos dos moradores da área atingida. Vamos continuar agindo neste sentido e mantendo equipes técnicas monitorando o local”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Condições

A intensificação das informações sobre as condições das vias de acesso à cidade acontece na véspera do anuncio da programação do Natal Imperial, que será divulgada nesta sexta-feira (10.11), em coletiva às 9h, no Sicomércio (Rua Irmãos D’Angelo, 48).

“É um evento que estamos preparando com muito carinho e que trará bons resultados para a cidade. É importante neste momento que as pessoas saibam que que não existe qualquer problema para que elas cheguem à Petrópolis ou deixem a cidade. Além da programação especial de Natal, que estamos preparando, já neste fim de semana temos eventos tradicionais acontecendo na cidade, como o Petrópolis Gourmet e o festival cervejeiro (Deguste)”, considera o secretário de Turismo, Marcelo Valente.

“O fluxo de veículos é normal na Serra e existem vias alternativas para quem precisa passar pelo trecho entre a região do Contorno e o distrito de Itaipava. A Companhia Petropolitana de Trânsito está atuando nas vias alternativas para orientar os motoristas e garantir o fluxo de trânsito”, explica o presidente da CPTrans Maurinho Branco.

A CPTrans notificou a Concer a realizar uma operação provisória de mão dupla no trecho entre os quilômetros 78 e 81 da rodovia no sentido Juiz de Fora. A medida visa evitar que veículos pesados utilizem a Estrada União e Indústria como rota alternativa para fugir da área interditada na BR-040. Agentes da CPTrans também estão em pontos considerados estratégicos para controlar os acessos ao município. Atualmente, a Concer está orientando que veículos pesados sigam pela BR-393, a partir do Km 21, em Três Rios acessando a Dutra para alcançar o Rio de Janeiro.

Visitantes que seguem de Juiz de Fora pela BR-040 e querem entrar em Petrópolis podem utilizar um acesso alternativo na altura do quilômetro 74 da BR-040 – entrada à esquerda, ao lado do antigo Centro de Treinamento dos Correios (CTC). Nesse caminho o motorista irá passar pela localidade conhecida como Alto da Derrubada e sai na pista sentido Juiz de Fora, onde deve entrar no primeiro acesso à direita – há uma placa indicativa para o bairro Mosela. Ali o condutor se mantém na via principal do Moinho Preto e chegará ao bairro Mosela, de onde tem acesso liberado para qualquer ponto de Petrópolis.

A previsão inicial da Concer é que o trecho do Km 81 da BR-040 permaneça interditado por pelo menos mais quatro dias – período em que a concessionária realiza um estudo estrutural na estrada que irá apontar se há danos à rodovia.

Deixe uma resposta