Presidente da Aurora é homenageado no Prêmio Carne Forte

Aurora foi uma das homenageadas, no Prêmio Carne Forte, na solenidade de abertura da Expomeat, em São Paulo -(FOTO NIVALDO FREITAS)

Marcos Bedin/SC

O presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos, Mário Lanznaster, foi reconhecido  como destaque na categoria “carne suína”, durante a entrega do Prêmio Carne Forte, na solenidade de abertura da Expomeat (Feira Internacional de Processamento e Industrialização de Aves, Bovinos, Ovinos, Suínos e Pescado) em São Paulo (SP). Na solenidade, ele esteve representado pelo presidente do Conselho Diretivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e diretor comercial da Aurora, Leomar Somensi.

Para Lanznaster, o prêmio representa o reconhecimento pelo intenso trabalho ao longo de 48 anos na busca pela excelência. “Temos orgulho de dizer que a Aurora é o terceiro maior conglomerado industrial do setor de carnes do Brasil e tornou-se uma comunidade produtiva formada por mais de 100 mil famílias espalhadas por 500 municípios brasileiros”.

A Aurora conta com 26.649 colaboradores diretos, além das 72.203 famílias rurais cooperadas que formam a base produtiva no campo e os 9.580 colaboradores das 13 cooperativas agropecuárias que a constituem. Tem uma capacidade de abate de 18 mil suínos/dia, 1 milhão de aves/dia e um processamento de 1,5 milhão de litros de leite/dia.

Matéria Presidente da Aurora é homenageado no Prêmio Carne Forte
Cledson Fernandes (diretor da ExpoMeat), Maria Antonia S. Ferreira (diretora da ExpoMeat), Manuel Pinto Neto (pesquisador Científico do ITAL) e Leomar Somensi (presidente do Conselho Diretivo da ABPA e diretor comercial da Aurora) – ( FOTO NIVALDO FREITAS)

Com sede em Chapecó (SC), o conglomerado agroindustrial pertence a 13 cooperativas agropecuárias: Cooperalfa (Chapecó/SC), CooperA1 (Palmitos/SC), Coopercampos (Campos Novos/SC), Copérdia (Concórdia/SC), Cotrel (Erechim/RS), Auriverde (Cunha Porã/SC), Cooperitaipu (Pinhalzinho/SC), Camisc (Mariópolis/PR), Coasgo (São Gabriel do Oeste/MS), Coopervil (Videira/SC), Cocari (Mandaguari/PR), Coolacer (Lacerdópolis/SC) e Caslo (São Lourenço do Oeste/SC).

A Aurora mantém oito unidades industriais de suínos, sete de aves, seis fábricas de ração, 13 unidades de ativos biológicos (incluindo granjas, incubatórios e unidades de disseminação de gens), 12 unidades de vendas, uma unidade de processamento de Lácteos, em Pinhalzinho, e a sede central (matriz).

Há nove anos a Cooperativa Central Aurora Alimentos também mantém a Fundação Aury Luiz Bodanese (FALB), constituída com base em ética, confiança, respeito, transparência e cooperação, a organização não possui fins lucrativos e trabalha com programas, projetos e ações voltadas ao desenvolvimento ambiental, cultural e social.

Segundo a organização da Expomeat, o Prêmio Carne Forte é um reconhecimento voltado para as personalidades mais importantes da cadeia produtiva de proteína animal.

Mais de 700 empresas foram consultadas para a escolha dos premiados, entre fornecedores do setor de proteína animal, editores de publicações especializadas e dirigentes de organizações públicas e privadas. O nome do prêmio é uma alusão à Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em março deste ano.