Primeiro disco de Lô Borges volta às lojas em vinil

Há 45 anos, com apenas 20 de idade, Lô Borges apresentava dois discos muito importantes para a cultura nacional: a estreia do Clube da Esquina e seu primeiro solo, que leva seu nome. Conhecido popularmente como o “disco do tênis”, em referência à imagem da capa,  Borges” está de volta às prateleiras em vinil de 180 gramas, pela coleção “Clássicos em Vinil” da Polysom, em parceria com a Universal Music.

Com direção de produção de Milton Miranda, direção musical de Maestro Gaya e dois luxuosos assisteno álbum é um marco na carreira desse grande nome da MPB e da música mineira. “Lôtes de produção, Milton Nascimento e Márcio Borges, o disco traz 15 faixas. As canções são todas assinadas por Lô, algumas com parceiros como seu irmão, Márcio, Tavinho Moura e Ronaldo Bastos. Na banda que o acompanhou, estão grandes nomes como Toninho Horta, Beto Guedes e Zé Geraldo. A sonoridade tem um toque de experimentalismo, unindo jazz, rock e MPB.

No começo do ano, Lô Borges estreou em São Paulo a turnê “O Disco do Tênis”, que já passou por Belo Horizonte, Juiz de Fora e Ouro Preto. Nesse sábado (27), ele leva o show ao Circo Voador (Rio de Janeiro), onde também lança o vinil. No segundo semestre ele deve voltar a algumas dessas capitais, à Porto Alegre, Curitiba, Nordeste e sul de Minas.