Projeto da Cruz Vermelha Brasileira é premiado na Turquia

Representante da juventude brasileira, Jennifer Fernandes recebe prêmio em solenidade da Federação.

O projeto “Embaixadores da Juventude”, da Cruz Vermelha Brasileira (CVB), foi premiado pela Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, no Fórum que a instituição realiza, essa semana, na Turquia. “Esse prêmio é motivo de grande felicidade e uma indicação da importância e representatividade que nosso país deve ocupar no Movimento Internacional. Quero parabenizar o Departamento de Juventude da filial de São Paulo, autor desse importante projeto que poderá ser utilizado por outras Sociedades Nacionais”, destacou Júlio Cals, o recém-eleito presidente da CVB que está no país euro-asiático onde também acontece a Assembleia Geral da Federação.

Segundo a Federação que reúne 190 Sociedades Nacionais, a premiação visa celebrar iniciativas interessantes e inovadoras desenvolvidas por jovens, a fim de abordar necessidades humanitárias nacionais. O prêmio entregue ao Brasil fez parte da categoria “Fortalecimento de Comunidades Resilientes”, uma das quatro elencadas pela federação.

O “Embaixadores da Juventude” busca sensibilizar alunos socialmente vulneráveis, entre 14 e 15 anos, sobre assuntos como cidadania, direitos humanos, multiculturalismo, desigualdades e transformação social. Além evitar o bullying e o preconceito no ambiente escolar, o projeto também pretende estimular a criatividade e fortalecer o papel de liderança dos jovens, com a proposta de que atitudes positivas possam ser reproduzidas em suas comunidades.

 

 

Deixe uma resposta