Projetos para pessoas com deficiência ganham incentivos

A Loteria do Estado do Rio de Janeiro (Loterj) e o RioSolidario lançaram dois editais para selecionar instituições de atendimento geral à pessoa com deficiência. Trata-se de R$ 5,2 milhões que serão distribuídos a até 40 projetos através dos programas Loterj Já.

– A Loterj destina 70% do seu lucro a projetos sociais. Ou seja, quem está apostando no Rio de Prêmios, por exemplo, está automaticamente colaborando por essa causa. Esses recursos representam uma garantia para quem faz a diferença na vida de crianças, idosos e deficientes – disse Sérgio Ricardo de Almeida, presidente da Loterj.

Maria Lucia Horta Jardim, presidente do RioSolidario e primeira-dama do Estado do Rio, lembra que dos 16 milhões de habitantes do estado, quase 25% é portadora de algum tipo de deficiência. “Desde o início, o RioSolidario atua pela causa da pessoa com deficiência. Temos que investir na melhoria da qualidade de vida deles. A autonomia traz algo muito importante para o ser humano, que é a dignidade” afirmou a presidente do RioSolidario e primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro.

Publicações disponíveis

Os editais dos programas Loterj Já – Autonomia Sim IV e Loterj Já – Autonomia Sim V estão disponíveis nos sites www.loterj.rj.gov.br e www.riosolidario.org e na sede da Loterj, que fica na Rua 7 de setembro, 170, no Centro do Rio.

O Loterj Já – Autonomia Sim IV vai disponibilizar até R$ 4,2 milhões para subvenção, com fins de cobertura suplementar de custos e despesas de atividades. Serão contemplados 10 projetos de R$ 120 mil e outras 10 ações de até R$ 200 mil. Já o Loterj Já – Autonomia Sim V pretende entregar R$ 1 milhão divididos em 20 projetos de R$ 50 mil, para fins de auxílio financeiro para aquisição de bens duráveis e permanentes.

Fonte: Loterj