PT rebate decisão do MPF de apresentar nova denuncia contra o ex-presidente Lula

Em nota, o Partido dos Trabalhadores rebateu a decisão do MPF de denunciar à Justiça sete pessoas pelos crimes de corrupção ativa e passiva. Entre os denunciados está o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva.

De acordo com o PT, “O Ministério Público Federal segue firme em sua estratégia para condenar Lula a qualquer custo. Agora o ex-presidente é acusado pelos procuradores federais de editar uma Medida Provisória para beneficiar o setor automotivo, uma proposta que tramitou no Congresso Nacional e foi aprovada por parlamentares da base e da oposição ao governo Lula”.

Na nota, o partido afirma também que “eessa decisão dos procuradores federais apenas reforça o caráter arbitrário e persecutório das denúncias contra Lula ao longo dos últimos anos, que visam macular o legado de seu governo, que foi aprovado pela maioria da população brasileira. O PT se solidariza com o ex-presidente e se coloca ao seu lado para manter viva a memória dos governos de Lula para o País”.

Assina a nota Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores

Deixe uma resposta