Relator apresenta parecer com recomendação para que Câmara não autorize abertura de processo contra Temer

O deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) apresentou nesta terça-feira (10), na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), parecer com a recomendação de que a Câmara não autorize a abertura de processo contra o presidente da República, Michel Temer, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretária-Geral) pelos crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça.

O relator defendeu que a denúncia feita pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Jannot é “claramente duvidosa” e não cumpre os requisitos legais, principalmente por incluir fatos anteriores ao mandato de Temer. O deputado não poupou críticas ao Ministério Público, à Polícia Federal e à mídia, por, segundo ele, ampararem a “criminalização” da atividade política.

Como Bonifácio de Andrada levou uma hora e quatro minutos para ler seu relatório, cada um dos advogados teve o mesmo tempo para falar sobre a denúncia. A previsão é que a discussão do parecer seja iniciada na próxima terça-feira (17/10).

Fonte: Agência Câmara Notícias