Seleção Brasileira de Judô convoca atletas para Grand Prix

O Brasil será representado por 17 atletas no Grand Prix de Cancún, nos dias 16, 17 e 18 de junho.

A competição é última da seleção antes do Mundial de Budapeste, que acontecerá nos meses de agosto e setembro na capital húngara.

O campeão do Grand Prix somará 700 preciosos pontos no Ranking Mundial da FIJ.

Veja os nomes dos convocados para representar o Brasil:

FEMININO

Larissa Pimenta – 48kg

Foto: EJU

O Grand Prix de Cancún será a estreia da peso ligeiro de apenas 18 anos na seleção principal do Brasil.

Gabriela Chibana – 48kg

Foto: Klauss Muller

Gabriela vem de um bronze no Aberto Pan-Americano de Lima em março deste ano e busca sua primeira medalha em 2017 no Circuito Mundial da FIJ.

Sarah Menezes – 52kg

Foto: IJF Media

A campeã olímpica de Londres 2012 segue se adaptando à nova categoria em 2017 e busca o primeiro pódio internacional no meio-leve.

Ketleyn Quadros – 63kg

Foto: IJF Media

A medalhista de bronze em Pequim 2008 vai para sua quarta competição em 2017 de olho na sua segunda medalha no ano. Em março, Kequinha conquistou o ouro no Aberto Pan-Americano de Santiago/CHI.

Barbara Timo – 70kg

Foto: IJF Media

A peso médio brasileira tenta sua primeira medalha em 2017. Cancún será sua terceira competição. Barbara disputou o Aberto Europeu de Oberwart e o Grand Prix de Dusseldorf nesta temporada.

Amanda Oliveira – 70kg

Foto: João Ribio/CBJ

Amanda vai para sua quarta competição em 2017. Ela disputou o Grand Prix de Dusseldorf, além dos Abertos Pan-Americanos de Lima e Santiago, onde conquistou dois bronzes.

Mayra Aguiar 78kg

Foto: IJF Media

A medalhista olímpica de Londres e Rio escolheu o Grand Prix de Cancún para retornar às competições depois dos Jogos de 2016 e ganhar ritmo antes do Mundial de 2017.

Rochele Nunes +78kg

Foto: Rafal Burza/CBJ

A peso pesado vai para sua terceira competição no ano, depois de participar do Grand Prix de Dusseldorf e do Aberto Pan-Americano de Lima.

 

MASCULINO

Phelipe Pelim – 60kg

Foto: IJF Media

Pelim foi bronze nas duas etapas de Grand Prix (Dusseldorf e Tbilisi) das quais participou. Em Cancún, ele tentará manter o bom rendimento.

Marcelo Contini – 73kg

Foto: IJF Media

Contini chega ao México confiante depois de conquistar uma medalha de prata no Grand Slam de Ecaterimburgo, na Rússia.

Alex Pombo – 73kg

Foto: Rafal Burza/CBJ

Representante do peso leve do Brasil nos Jogos do Rio 2016, Pombo chega à sua terceira competição no ano em busca de sua primeira medalha na temporada. Ele já competiu no Grand Slam de Baku e no Aberto de Lima.

Victor Penalber – 81kg

Foto: IJF Media

Medalhista de bronze no último Mundial, em 2015, Victor chega motivado ao México buscando seu segundo ouro em etapa de Grand Prix no ano. Ele foi o campeão no Grand Prix de Tbilisi/GEO.

Vinícius Panini – 81kg

Foto: Klauss Muller

Panini faz a dobradinha brasileira no 81kg com Penalber e quer subir ao pódio pela primeira vez em sua segunda competição no ano.

Eduardo Bettoni – 90kg

Foto: IJF Media

Bettoni chega a Cancún com um ouro (Aberto de Santiago) e um sétimo lugar (Grand Slam de Ecaterimburgo) nesta temporada.

Bruno Mendonça 90kg

Foto: IJF Media

Representante do 73kg do Brasil nos Jogos de Londres 2012, Bruno Mendonça retornou à seleção brasileira em 2017 no peso médio (90kg) e vai em busca de sua primeira medalha nessa nova categoria. Ele já disputou o Grand Slam de Baku neste ano.

Luciano Corrêa – 100kg

Foto: Rafal Burza/CBJ

Luciano vai para sua sétima competição na temporada. Ele esteve nos Abertos de Odivelas e Santiago; no Grand Prix de Tbilisi e nos Grand Slams de Paris e Ecaterimburgo.

David Moura +100kg

Foto IJF Media

Embalado pelo ouro no Grand Slam de Ecaterimburgo e pelo bronze no Grand Prix de Tbilisi, o pesado brasileiro que, atualmente, é o número dois do mundo, vai em busca de mais uma medalha e da liderança do Ranking Mundial da FIJ.

 

Fonte: CBJ