Três jogadores do Flamengo em ação pelas eliminatórias para a Copa do Mundo nesta rodada

Guerrero e Trauco, pelo Peru, e Cuéllar, pela Colômbia, entram em campo pelas suas seleções

Lucas Dantas- CRF

Hoje tem Flamengo, ou quase isso. Se nesta quarta-feira o Flamengo não entra em campo, pelo menos três jogadores estarão representando o Rubro-Negro nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. E os jogos desta rodada prometem muita emoção, uma vez que, tirando o Brasil, já classificado, e Bolívia e Venezuela, já eliminados, todos as seleções estão na briga por uma das vagas no Mundial. 

Além da Seleção Brasileira, os olhos da torcida do Flamengo estarão virados para duas equipes em especial: Peru e Colômbia. Em situações bem distintas na tabela de classificação, os dois países enfrentam jogos-chave para suas pretensões. E com jogadores do Mengão em campo. Pelo Peru, Guerrero e Trauco foram convocados por Ricardo Gareca. Já na Colômbia, o meia Cuéllar é titular do time de José Pekerman. 

Peru

Na sétima posição na tabela com 18 pontos, o jogo contra a Bolívia é essencial para manter as chances de classificação. O time vem de vitória contra o Uruguai (2 a 1), mas a situação não é boa e a seleção não depende de si. Tem que vencer e precisa torcer para que Equador, Argentina e Chile não vençam seus jogos e não abram vantagem. E a missão ficará mais difícil, uma vez que Gareca não contará o artilheiro Guerrero, suspenso por acúmulo de cartões. Mas terá o lateral esquerdo Miguel Trauco em campo. E na próxima rodada, o jogo será contra o Equador, fora de casa, um confronto direto pela vaga. E já deverá ter Guerrero de volta. Há chance, há esperança, e a torcida rubro-negra estará com os peruanos. 

Colômbia

Quem também contará com a fé dos torcedores do Mais Querido ao seu lado será a seleção da Colômbia, com o meia Gustavo Cuéllar escalado para a partida contra a Venezuela, em San Cristóbal. E não deverá ser um grande problema para os colombianos. Os rivais estão na última posição, já eliminados e mesmo que queiram fazer jogo duro, não deverão oferecer muita resistência. A Colômbia também não tem muitos motivos para preocupação. Com uma campanha espetacular, a seleção está na segunda colocação e só uma tragédia tira Cuéllar da Copa da Rússia. 

A Colômbia joga mais cedo, às 18h, com transmissão do Sportv. O Peru só entra em campo bem mais tarde, às 23h15, e o jogo passa no Sportv 2 (ambos, horário de Brasília). Dá pra ter aquele gostinho de Flamengo nesta noite de quarta-feira.